Horário de Atendimento:

8:00h - 20:00h

  • pt-br

Telefone:

(11) 5573-1970

Bruxismo Infantil

Bruxismo Infantil – Saiba Mais

 

Uma das doenças mais mal diagnosticadas entre os pequenos, o Bruxismo Infantil, tem sido pauta para discussões que envolvem principalmente o aspecto social do convívio das crianças num mundo que exerce cada vez mais pressão sobre os indivíduos.

Continue a leitura para saber mais sobre este distúrbio do sono, suas causas e formas de tratamento.

O Bruxismo Infantil

Justamente por não ser uma doença cuja conversa e compreensão é incentivada para os pequenos, até mesmo pela falta de comunicação dos mesmos em relação aos sintomas, o bruxismo infantil pode ser extremamente prejudicial para a saúde em geral das crianças caso não seja tratado corretamente.

A percepção das crianças em relação ao mundo que as cerca pode ser um enigma para os adultos, por isso, para uma maior compreensão dos fatores que podem levar os pequenos a desenvolverem este tipo de comportamento involuntário, é essencial que haja uma observação extremamente detalhada por parte dos adultos.

Para além disso, é crucial entender também que o bruxismo infantil pode ser o causador de inúmeras enfermidades caso não seja diagnosticado e tratado de forma correta: a mastigação, método principal para a nutrição das crianças e dos seres humanos em geral, pode ser muito prejudicada, levando a complicações mais sérias caso o problema não seja corrigido à tempo.

Como Ocorre o Bruxismo Infantil?

O bruxismo infantil ocorre da mesma maneira que o bruxismo em adultos: se dá por meio da contração e do ranger dos músculos da face e da mandíbula, afetando a saúde dos dentes, bem como causando dores de cabeça, dores musculares na face, e uma série de problemas que estas consequências podem ocasionar.

É uma doença de cunho psicológico em sua maioria, mas estudos recentes apontam a influência de doenças respiratórias nas crianças que podem ser a causa do bruxismo infantil em uma grande parcela das mesmas.

Quais São as Causas do Bruxismo Infantil?

Há inúmeras causas possíveis para que as crianças passem a ranger os dentes durante o sono de forma a prejudicarem a dentição e os processos que envolvem a evolução da mesma, bem como os que dependem dela, como a mastigação, a respiração adequada e um funcionamento na vida social efetivo.

As crianças que passam por situações estressantes, como o divórcio dos pais, a realização de uma rotina que seja cheia de estímulos, bem como diversas outras situações em convívios sociais como mudanças de escolas e ambientes familiares podem sofrer com o bruxismo infantil como resultado.

Como mencionado anteriormente, é necessário entender que as doenças respiratórias como a rinite e a sinusite, que afetam profundamente os mecanismos das vias aéreas e, consequentemente, o funcionamento da mandíbula e da dentição durante a noite, podem agir também como causas da enfermidade, piorando a condição inclusive delas próprias.

Por Que o Bruxismo Infantil é de Difícil Diagnóstico e Tratamento?

Para a maioria dos adultos, entender e comunicar-se com uma criança de uma forma que seja horizontal e equivalente pode apresentar-se como um desafio e tanto. Por este motivo, é comum que as dores e sintomas que são exibidos pelos pequenos possam atuar de forma a descartar completamente a possibilidade dela estar sofrendo com o bruxismo infantil.

Fora isso, os sintomas associados a esta doença podem ser muito enganadores: as dores de cabeça, o sono durante o dia devido a um mau descanso durante a noite, a dificuldade de consumir produtos quentes ou frios pelo desgaste sofrido pela dentição… todos estes fatores podem apontar uma série de enfermidades antes que os pais possam pensar em bruxismo infantil.

Assim, para que os profissionais médicos possam conseguir analisar de forma ampla e correta para que seja feito o diagnóstico do caso de bruxismo infantil, é necessário que os pais estejam sempre atentos a todos os sintomas.

Estes sintomas muitas vezes são descartados por métodos e remédios que mascaram os mesmos, como remédios para dor e a sonequinha da tarde, que livra a criança de continuar cansada ao longo do dia, criando um ciclo ainda maior dos sintomas.

Tratamentos para o Bruxismo Infantil

Os tratamentos para o bruxismo infantil são similares aos tratamentos para o bruxismo em adultos, ou seja, é extremamente recomendada a utilização de uma placa para a contenção dos movimentos involuntários sofridos pela mandíbula ao decorrer das noites de sono, mas, para além disso, o acompanhamento psicológico das crianças e adultos também se torna essencial.

Entender quais são as causas emocionais e de diversas outras áreas que estão causando o aparecimento dos sintomas nas crianças é uma questão de necessidade: é a partir da compreensão destes sintomas que os médicos poderão conseguir tratar a raiz dos problemas, possibilitando uma melhor qualidade de vida às crianças, ao se livrar do bruxismo infantil.

O acompanhamento psicológico é, de fato, uma ótima ferramenta para conseguir fazer com que as crianças possam estar em contato constante com as suas indagações, medos, anseios e felicidades, o que pode ser crucial durantes os processos de desenvolvimento tanto da personalidade das mesmas quanto da sua atuação em sociedade.

Aqui no Núcleo de Otorrinolaringologia e Medicina do Sono, dispomos de uma equipe multidisciplinar totalmente qualificada para o tratamento de bruxismo em todas as idades. Marque uma consulta e venha conhecer o nosso trabalho.

Artigo Publicado em: 3 de outubro de 2017 e Atualizado em 20 de fevereiro de 2019

Disfunção temporomandibular

Disfunção Temporomandibular e Distúrbios do Sono

Disfunção temporomandibular

A disfunção temporomandibular é um dos problemas que podem afetar de forma significativa e muito prejudicial a saúde em geral do organismo. Por isso, entender quais são as possíveis causas e as opções para diagnóstico e tratamento é fundamental para conseguir lidar com esta enfermidade corretamente.

A articulação temporomandibular é a área que faz a conexão da mandíbula com o crânio: esta área pode sofrer inúmeros tipos de prejuízos durante o desenvolvimento do organismo, bem como por consequência de diversos fatores externos que irão atuar sobre ela.

O Que é Uma Disfunção Temporomandibular?

Uma disfunção temporomandibular é caracterizada por ser um problema que afeta o funcionamento correto das funções da mandíbula, prejudicando tanto os processos de mastigação, respiração e até mesmo fala, não sendo necessário que todos ocorram em todos os casos.

Há diversos tipos de disfunções temporomandibulares que podem ser analisados em sua ocorrência frequente na sociedade, principalmente em indivíduos adultos, que possuem uma carga de stress incrivelmente grande perante às pressões que o mundo moderno proporciona em suas vidas.

Uma disfunção temporomandibular que está entre as mais comuns, e que geralmente é tratada com menos seriedade do que deveria por seus próprios portadores, é o bruxismo.

Bruxismo: Uma Forma de Disfunção Temporomandibular

O bruxismo é uma forma de disfunção temporomandibular que implica na realização de movimentos de pressão e cerrar dos dentes do portador de maneira involuntária, ocorrendo principalmente durante o período do sono.

O bruxismo faz com que a arcada dentária do paciente possa sofrer danos, bem como a estrutura da face, além de poder causar dores musculares e dores de cabeça devido à incrível pressão que é geralmente exercida pelas pessoas que sofrem desta disfunção temporomandibular.

O Que Causa o Bruxismo?

Há inúmeras causas para que o bruxismo ocorra, e esta é uma enfermidade que pode afetar todas as idades, raças, gêneros e etc. Isso se dá pelo fato de que, em sua maioria, a causa do bruxismo acontece por meio de stress profundo do indivíduo: seja pelo motivo que for.

A realização da pressão com a arcada dentária sobre si mesma é um ato de contração que faz com que a região da boca possa se tornar um tanto quanto rígida, causando prejuízos tanto à arcada dentária quanto à musculatura da face.

Em adultos, por exemplo, situações de extrema tensão como separações, um trabalho que é estressante e que tem um chefe rígido demais que o deixa infeliz, uma complicação com a saúde… há diversos fatores que acabam culminando no processo do indivíduo de liberar a tensão por meio de cerrar os dentes.

O bruxismo infantil é, além disso, extremamente comum: crianças podem sofrer com pressões com as quais ainda não conseguem lidar, afinal, estão também passando pelos processos de aprendizado, e não só na escola, estão passando pelo aprendizado de lidar com suas emoções.

Situações onde a criança possa se sentir pressionada, estressada, onde ela tenha algum trauma relacionado, podem ser o gatilho perfeito para que o seu organismo passe a agir de forma involuntária provocando danos por meio de uma disfunção temporomandibular.

Como Tratar o Bruxismo

O bruxismo, como uma disfunção temporomandibular que não é exatamente visível para todas as pessoas que estão ao redor do portador, precisa de um processo de diagnóstico que seja extremamente detalhado, para que, então, após estabelecer-se as prioridades, possa se dar início ao processo de tratamento.

Nas crianças, a mesma regra é válida, porém, com muito mais afinco! É extremamente crucial que os pais, familiares e cuidadores que convivem diariamente com as crianças estejam prestando atenção à todos os detalhes, fazendo com que suas atitudes possam denotar a ocorrência de alguma disfunção temporomandibular, bem como emocional ou física.

Busque Ajuda de Profissionais Especializados

Para a identificação e tratamento eficaz do bruxismo, é essencial que as pessoas busquem o auxílio de um profissional conhecido como dentista do sono. Ele é especializado em realizar a prescrição de remédios e a criação de um molde personalizado para cada pessoa para a contenção dos movimentos involuntários da mandíbula.

Esta placa precisa ser utilizada pelo paciente durante a noite, e, por meio de sua moldagem personalizada, irá se encaixar completamente na arcada dentária, fazendo com que o mesmo não consiga realizar os processos de contração dos músculos da face que certamente causarão mais malefícios à saúde e o bem estar do paciente.

Além disso, o tratamento psicológico também é crucial para que o paciente possa recuperar sua estabilidade e não sofra mais com o bruxismo, que, em sua maioria é advindo de stress e traumas, portanto, sendo completamente benéfica a realização simultânea dos dois processos de cura.

Um profissional especializado irá proporcionar tratamentos muito mais eficazes, bem como um acompanhamento psicológico irá ser de extremo auxílio para conseguir fazer com que o paciente possa entender melhor quais são as causas de sua disfunção temporomandibular e que estão sendo extravasadas de uma maneira completamente prejudicial à saúde.