Horário de Atendimento:

8:00h - 20:00h

  • pt-br

Telefone:

(11) 5573-1970

Nódulos nas Cordas Vocais – Devo me Preocupar?

Novidades NOSP - Acompanhe

Nódulos nas Cordas Vocais

Os nódulos nas cordas vocais, conhecidos popularmente como calos nas cordas vocais, tratam-se de lesões de massa benignas, bilaterais, rígidas e simétricas que afetam as pregas vocais.

O surgimento desses nódulos deve-se ao atrito brusco, provocado pelo contato frequente e intenso entre as cordas vocais no processo de produção do som. A causa mais comum desse atrito brusco é o comportamento vocal inadequado, em especial o abuso vocal.

Os nódulos não tratam-se de tumores, pois apresentam novas formações celulares em sua composição: são formados por um tecido edematoso e/ou fibras colágenas.

Nódulos nas Cordas Vocais

Nódulos nas Cordas Vocais – Fatores de Risco

O comportamento vocal influencia diretamente no surgimento de nódulos nas cordas vocais: o problema incide principalmente sobre mulheres na faixa etária de 25 a 35 anos, e também sobre crianças, de ambos os gêneros, entre os 7 e 9 anos.

Os principais alvos da condição são pessoas que fazem uso constante da voz no trabalho, os “profissionais da voz”, grupo que engloba professores, telefonistas, secretários, apresentadores, cantores, atores, advogados, leiloeiros, médicos, entre outros.

Pesquisas apontam que, dentre os pacientes adultos que apresentam nódulos nas cordas vocais, mais de 90% são do gênero feminino, mais de 60% são professores, 95% são não-fumantes e mais de 80% trabalham durante dois ou três turnos.

Determinados comportamentos que caracterizam o uso inadequado da voz, a longo prazo, comumente resultam no surgimento de nódulos nas cordas vocais.

Os hábitos mais comuns de mau uso da voz são: falar muito alto, muito rápido ou durante muito tempo, gritar constantemente, produzir voz em um tom muito grave, falar em ambientes barulhentos, falar e realizar movimentos físicos intensos simultaneamente, emitir sons com muita força e falar com a ressonância baixa, forçando a garganta.

Alergias respiratórias, distúrbios hormonais, tabagismo e etilismo são outros fatores que também Têm relação com o aparecimento de nódulos vocais.

Sintomas de Nódulo nas Cordas Vocais

Os nódulos nas cordas vocais provocam alterações no padrão de produção do som. As mudanças mais perceptíveis auditivamente são a rouquidão, a soprosidade e as modificações no tom de voz (tom mais grave ou mais agudo).

Outras queixas comuns de pacientes com nódulos vocais são de cansaço durante a fala, dor na laringe ou no pescoço, presença de muito pigarro e dificuldade de falar por muito tempo, dificuldade de produzir notas agudas e dificuldade na coordenação da respiração e produção da voz.

Nas crianças, os sintomas dos nódulos vocais são semelhantes aos dos adultos: somente a dificuldade em coordenar a respiração e a produção da voz fica mais evidente. Em alguns casos, elas podem perder a voz durante alguns períodos de tempo.

Diagnóstico  e Tratamento de Nódulo nas Cordas Vocais

O diagnóstico de nódulo nas cordas vocais varia de acordo com as especificidades de cada paciente, tais como: história clínica, sintomas, causas e comportamento vocal. É preciso analisar se há uso excessivo ou inadequado da voz na rotina do paciente, qual sua demanda vocal e  detectar características que possam contribuir no tratamento e na mudança de hábitos voltados à voz.

Se você notou a presença de alterações na sua voz ou rouquidão persistente (por mais de 10 dias) que não estejam relacionadas a outras condições clínicas, como um resfriado, não exite em procurar o otorrinolaringologista de sua confiança.

O especialista poderá detectar a causa dessas alterações e indicar a intervenção fonoaudióloga adequada, assim como a mudança de hábitos que o paciente terá que passar durante as sessões de tratamento, e ainda se há ou não necessidade de intervenção cirúrgica.

O acompanhamento médico é igualmente fundamental no caso das crianças. Quando antes o problema for diagnosticado, mais amplas são as possibilidades de tratamento.

Prevenção dos Nódulos nas Cordas Vocais

A melhor forma de prevenir dos nódulos vocais é cuidar bem da voz, afinal, trata-se de uma condição decorrente de hábitos nocivos, uso inadequado e abuso da voz. Alguns cuidados são necessários, especialmente no caso de pessoas que fazem uso contínuo da voz no trabalho e no dia a dia.

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.
Dr. José Antonio Pinto

Otorrino em São Paulo

Tratamento para Apneia, Ronco.. faça um exame. Cuide da sua saúde.

Se trata de uma plataforma moderada por Dr. Arturo Frick Carpes, Dr. José Antonio Pinto e Dra. Heloisa dos Santos. Todos os moderadores citados são responsáveis pela produção, edição, adaptação e curadoria dos textos presentes neste site, além de sua manutenção financeira. Este site é orientado ao público leigo e seu conteúdo é somente de intento informativo e pode não ser adequado a todos usuários. O conteúdo deste site não substitui o médico. Todos devem sempre consultar seu médico antes de tomar qualquer decisão com respeito à sua saúde. Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie. Este site não hospeda ou recebe financiamento de publicidade ou exibição de conteúdo comercial. Política de Banners: Não temos publicidade e não fazemos trocas de Banner ou Display. Missão Do Site: prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade.Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. Os comentários são visíveis a todos. Podem ser alterados ou apagados.