Horário de Atendimento:

8:00h - 20:00h

  • pt-br

Telefone:

(11) 5573-1970

Corpos Estranhos no Ouvido

Novidades NOSP - Acompanhe

Corpos Estranhos no Ouvido
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Corpos estranhos no ouvido é um termo que refere-se a qualquer objeto ou substância que possa ser introduzido no ouvido – intencionalmente ou por acidente.

O canal auditivo é extremamente sensível. Ele possui uma fina camada de pele que confere pouco amortecimento. Por este motivo, a tentativa de remoção pode ser extremamente dolorosa, quando não realizada adequadamente em um hospital.

Neste artigo, saiba mais sobre as complicações que um corpo estranho no ouvido pode causar e como proceder nesse caso.

Por que Corpos Estranhos no Ouvido São Frequentes?

A grande maioria dos objetos encontrados nos ouvidos são colocados voluntariamente, geralmente por crianças, apenas por curiosidade ou brincadeiras. Dormir no chão também pode aumentar as chances de algum inseto entrar em seus ouvidos.

Alguns corpos estranhos comuns de serem encontrados nos ouvidos são:

  • Grãos de pipoca
  • Feijões
  • Pedras
  • Insetos
  • Partes de brinquedos
  • Papel
  • Algodão
  • Miçangas

Quando Suspeitar se Há Algo Errado no Ouvido?

A maioria das pessoas pode perceber se há algo em seus ouvidos. O canal auditivo, onde a maioria dos objetos ficam presos, é muito sensível. Além disso, o canal auditivo termina no tímpano, que também é altamente sensível.

Os sintomas de se ter um corpo estranho no ouvido depende do objeto que se encontra na cavidade auricular, seu tamanho, forma e qual o tipo de substância.

A pessoa com corpos estranhos no ouvido pode ter algum destes sintomas:

  • sensação de “ouvido entupido”,
  • dor de ouvido,
  • perda auditiva,
  • inflamação
  • irritação.

O diagnóstico em crianças pode ser um desafio, pois elas não têm idade suficiente para falar sobre sua dor. Então, os pais podem identificar este problema através de sinais como vermelhidão, inchaço ou secreção (sangue, líquido inflamatório ou pus) na região do ouvido afetado.

Em pacientes assintomáticos, o relato dos pais pode indicar a existência do corpo estranho.

Remoção de Corpos Estranhos

O canal auditivo externo estreita na junção óssea-cartilagínea. Por isto, corpos estranhos nesta cavidade podem resultar em maior dificuldade de remoção. Quando há uma tentativa incorreta de remoção de objetos neste local, eles podem ser empurrados no sentido mais interno.

A membrana timpânica pode ser danificada pelos objetos presos ou pelos instrumentos utilizados nas tentativas de remover. Por este motivo, a indicação é levar a pessoa imediatamente à emergência médica, ao invés de tentar remover em casa.

Quando possível, é recomendável evitar comer ou beber qualquer coisa, caso seja necessário realizar sedação para que o procedimento de remoção seja mais seguro. Na realidade, a sedação é mais segura se a pessoa não engolir nada por 8 a 12 horas antes do procedimento.

Em casos de insetos no ouvido, é necessário que estejam mortos antes da remoção. Para isto, utilizamos álcool, lidocaína 1%, éter ou óleo mineral. A remoção é realizada com a irrigação, aspiração ou através de uma pinça especializada. Este Procedimento é feito somente por uma equipe médica qualificada.

Superfícies irregulares, lisas e arredondadas podem ser removidas com a pinça. Se o objeto for arredondado e liso pode-se tentar aspiração ou aplicação de cola adesiva em um cotonete especial, utilizado em procedimentos cirúrgicos.

Quando a Remoção é mais Complicada

Alguns casos são mais complicados para se realizar uma remoção adequada:

  • Quando há necessidade de anestesia
  • Trauma no canal ou Membrana Timpânica (MT)
  • Corpo estranho não visualizado, fortemente aderido ou tocando a MT
  • Quando há Falha na primeira tentativa de remoção

A manipulação excessiva pode gerar edema, hematoma ou deslocar o objeto em direção a Membrana Timpânica. Além disso, quando há falha na primeira tentativa de remoção, torna-se mais difícil realizar uma remoção segura em próximas tentativas, devido a sangramentos que podem ocorrer e atrapalhar a visualização do corpo estranho. Em casos de infecção por demora na remoção ou trauma no canal auditivo, pode ser necessário o uso de antibióticos.

Assim, o recomendado é que você não tente remover um corpo estranho do ouvido em casa. Procure atendimento médico imediatamente.

Referência: Mayo Clinic

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.
Dra. Heloisa dos Santos

Otorrino em São Paulo

Tratamento para Apneia, Ronco.. faça um exame. Cuide da sua saúde.

Se trata de uma plataforma moderada por Dr. Arturo Frick Carpes, Dr. José Antonio Pinto e Dra. Heloisa dos Santos. Todos os moderadores citados são responsáveis pela produção, edição, adaptação e curadoria dos textos presentes neste site, além de sua manutenção financeira. Este site é orientado ao público leigo e seu conteúdo é somente de intento informativo e pode não ser adequado a todos usuários. O conteúdo deste site não substitui o médico. Todos devem sempre consultar seu médico antes de tomar qualquer decisão com respeito à sua saúde. Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie. Este site não hospeda ou recebe financiamento de publicidade ou exibição de conteúdo comercial. Política de Banners: Não temos publicidade e não fazemos trocas de Banner ou Display. Missão Do Site: prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade.Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. Os comentários são visíveis a todos. Podem ser alterados ou apagados.